SEJ Informa
Home / História

História

Em 06 de setembro de 1946, um grupo de abnegados companheiros, tendo à frente Noldovir de Almeida Prohmann, concretizava o ideal de unificar os espíritas de Joinville, então esparsos por diversos Centros, fundando a Sociedade Espírita de Joinville.

Compreendiam todos que os pequenos redutos cristãos, àquela época existentes, somente sobreviveriam em sua tarefa de estudo e divulgação da Doutrina Espírita estivessem fortalecidos por esse laço de fraternidade que então se formou.

Foi, certamente, uma notável e oportuna realização pois, três anos mais tarde, em outubro de 1949, esse mesmo sentimendo unificacionista tomaria conta dos espíritas de todo o Brasil, ocasionando a assinatura, na sede da Federação Espírita Brasileira, do documento que ficou conhecido como “Pacto Áureo”, o qual contou com a participação de notáveis trabalhadores das lides espíritas, dentre os quais Oswaldo Melo, então Presidente da Federação Espírita Catarinense.

Os membros da ainda nova Sociedade Espírita de Joinville entendiam, no entanto, que, sob as condições então existentes, o trabalho não lhes seria fácil. Porém, com muito amor no coração, venceram todos os obstáculos.

As atividades, sempre crescentes, foram divididas por equipes de voluntários.

A área de divulgação, a de estudos, a de prática mediúnica, a de serviço assistencial, a de atenção à infância e à juventude e outras mais, foram, gradativamente, surgindo na estrutura da Instituição.

E hoje, mais de meio século depois daquela memorável reunião de fundação, a SEJ se consolidou perante a opinião pública, tanto no Município quanto no Estado, como uma Entidade respeitável, equilibrada e organizada, cujos membros dedicam-se a servir ao próximo sob todos os ângulos, conformemente aos preceitos de Jesus Cristo – aclarados pela Doutrina Espírita.